Páginas

Pesquisar este blog

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

domingo, 6 de outubro de 2013

Anjo



Mal o dia havia iniciado e Natália já estava acordada. Gostava de ver o nascer do sol, as nuvens alaranjadas e roxas e sentir a gélida brisa matinal. Já se tornara uma rotina.
Sua família não a entendia, e após inúmeras tentativas de se explicar, acabou decidindo deixar o significado desse gesto para si, tornando-o ainda mais especial. Com o passar dos anos, poderia até se dizer que era algo sagrado.
Fechou os olhos e sentiu uma rajada de vento passar por ela. Abriu um sorriso e se dispôs ao voltar ao passado, como sempre fazia.