Páginas

Pesquisar este blog

sábado, 4 de maio de 2013

Indireta


Era uma vez um amor...
Dúvida que não se cessou
Amor, então lhe digo que foram as
decisões erradas,
escolhas mal feita,
as mentiras contadas
e as traições...
Malditas!
Malditas sejam todas essas coisas!
Coisas que nos fizeram distanciar,
que nos fizeram perder o sentido do amor.
Indescritível dor que sinto
ao dizer que não mais me pertences.
Era uma vez um amor...
Esse amor era você, 
que me fez reconhecer que não lhe mereço.
Devo arriscar tudo?
Devo pedir perdão?
Apenas me calo e vivo só.
Pensando em quando 
era uma vez um amor,
o nosso amor...
E agora fim.