Páginas

Pesquisar este blog

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

MINICONTO - Postiços

     Despiu-se como sempre fazia, de corpo e alma. Fechou as cortinas e acendeu o abajur. Tirou o vestido de seda, os sapatos de salto e os apliques no cabelo. Abriu mão dos brincos perolados, do colar de ouro e da aliança de diamantes. Arrancou os cílios falsos. Pegou um algodão e molhou-o de demaquilante. Aos poucos, a tênue linha negra gravada em suas pálpebras se desmanchava conforme passava o algodão no local. Da boca, retirou o batom. Das bochechas, a base que escondia as manchas de espinhas e os corretivos que mascaravam as primeiras rugas de seu rosto. Retirou as unhas esmaltadas e bem-feitas. O sutiã de bojo e a calcinha delicada. 
     Olhou-se no espelho. Tudo nela era postiço. Até mesmo a felicidade que lhe fora entregue.