Páginas

Pesquisar este blog

sábado, 6 de agosto de 2016

MINICONTO - Vencedor

     Sob a neblina das montanhas do Vale do Valdocaso, Sor Americo Worth estava rodeado de corpos espalhados pelo campo de batalha. Os aliados, os inimigos, todos estirados no chão, de olhos vazios e corações inertes. O alasão branco que Americo montara agonizava com a barriga rasgada ao meio e as tripas escorrendo por seu corpanzil. Americo levantou os olhos lentamente, ainda sentindo o calor da batalha espalhado por seu corpo e seu manto de metal. O suor escorria-lhe pela testa e um filete de sangue de seu nariz. 
     Respirou fundo e puxou o cabo da espada. Levantou-se com dificuldade. Tivera de trair todo o seu reino, seu próprio rei jazia morto aos seus pés. O corpo do monarca tombou para o lado quando a lâmina saiu completamente; o metal era bordô em toda a extensão. Era o sangue do rei em suas mãos, em seu corpo, sua alma. Era o último homem do campo de batalha. Era o vencedor.
       Agora tinha todo um reino pela frente.